2

A religião e o Brasil !


Mais uma eleição terminou em nosso país, isso é ótimo, pois mostra que depois de tanta luta estamos vivendo um momento onde as instituições democráticas estão sendo, em grande parte, respeitadas. Mas, apesar disso, gostaria de chamar a atenção para uma discussão que me parece oportuna: Qual o papel da religião em nosso Estado ?

Dito desta forma o problema pode não ficar muito claro, por isso vamos entendê-lo. É sabido que, principalmente, nos últimos dias da campanha eleitoral para presidente, ambos os candidatos, Serra e Dilma, foram “pressionados” para se posicionarem com relação à legalização da descriminalização do aborto. E como vimos, não importando o que eles haviam dito ou pensado no passado, ambos passaram a ser, repentinamente “contra o aborto” ! Não quero aqui levantar a discussão sobre a validade ou não da discriminação do aborto em nossa sociedade, mas sim refletir qual a força que fez com que, nos últimos momentos de uma campanha política, a questão do “aborto” viesse à tona.

Veja, não podemos nos esquecer que o Brasil desde a proclamação de sua República em 1889, e posteriormente em sua constituição de 1891*, se tornou um Estado Laico nos moldes pregados pela Revolução Francesa e pelo Iluminismo. Quero dizer, com isso, que desde aquele momento o nosso país se tornou um local onde as forças religiosas, não importando se católicas, evangélicas, judaicas, muçulmanas, ou outra qualquer, não podem interferir nos rumos da política em nossa sociedade ! Como isso, a discussão sobre o aborto, proposta e “realizada” pelos candidatos, acabou ficando, no mínimo, esquisita. Isso porque o argumento para ser contra o a favor não foi algo técnico, filosófico ou ético, mas sim religioso ! É como se 121 anos após o Brasil se tronar um lugar onde há uma separação entre religião e política, as coisas voltassem a se confundir novamente ! E isso é preocupante !

Essa questão, da confusão entre política e religião pode ainda ficar pior. Isso quando observamos que, em certa medida, mesmo em países que defendem a Democracia, se dizendo mesmo portadores desta, algo semelhante está acontece; é o caso dos EUA. Hoje, dia 2 de novembro, ocorrem eleições neste país e um fenômeno preocupante começa a ganhar força, um movimento que está sendo chamado de Tea Party. Nele, para se ter uma idéia, o direito ao aborto e a legalização do uso das células-tronco para pesquisa são amplamente atacados, usando-se, para isso, simplesmente argumentos religiosos ! Isso sim é algo que pode preocupar.

No próximo artigo vou falar um pouco mais sobre o movimento do Tea Party para que vocês possam tirar suas próprias conclusões ! Até lá !!!


* Com a Constituição de 1891 definiu-se, também, a separação entre a Igreja e o Estado: as eleições não ocorreriam mais dentro das igrejas, o governo não interferiria mais na escolha de cargos do alto clero, como bispos, diáconos e cardeais, e extinguiu-se a definição de paróquia como unidade administrativa – que antigamente poderia equivaler tanto a um município como também a um distrito, vila, comarca ou mesmo a um bairro (freguesia). Além disso, o País não mais assumiu uma religião oficial, que à altura era a católica, e o monopólio de registros civis passou ao Estado, sendo criados os cartórios para os registros de nascimento, casamento e morte, bem como os cemitérios públicos, onde qualquer pessoa poderia ser sepultada, independentemente de seu credo.

Complemente sua leitura com:
- O Tea Party e a intolerância

2 comentários :

  1. Olá, Professor Alexandre, descobri seu Blog por acaso, mas achei muito interessante e informativo. Parabéns pelo seu trabalho.Gostei da matéria "A religião e o Brasil". Eu também tenho um Blog. Peço licença para divulgar o endereço: rosachoqueeoutrascores.blogspot.com Se desejar, visite, e pode comentar à vontade, seja qual for sua opinião, vou agradecer e, respeitar, caso seja divergente. Boa noite!

    ResponderExcluir
  2. Aparecida, agradeço a visita ! Esteja certa que opiniões contrárias sempre serão bem vindas aqui em nosso blog, afinal, não precisamos concordar em tudo, só no direito de opinar e no dever de ouvir e respeitar o pensamento alheio !

    ResponderExcluir

Seja bem vindo !! Aqui é o lugar onde você pode dizer o que pensa sobre o que acabou de ler em nosso artigo !!

Porém:

- Capriche no português.
- Identifique-se ! Quero poder agradecer a participação.
- Evite palavrões ou palavras que tenham duplo sentido.

Copyright© 2010-2017 HISTOSOFIA - modelo por Jason Morrow